1

Atividades dia das crianças













Porta Lápis
Segue abaixo ideias maravilhosas de porta lápis retirado do site: http://artesanatoemcasa.com/category/porta-lapis/
PORTA LÁPIS FEITO COM LISTA TELEFÔNICA


PORTA LÁPIS COM LATA DE NESCAU


1 – passe bem o tecido da sua escolha
2- Passe a cola com um pincel em uma faixa do pote e comece a colar o tecido. Observe se estiver usando um pote ou lata a emenda para começar a colar o tecido a partir da emenda.
3 – Vá alisando bem o tecido com a mão. Passe outra faixa de cola e continue assentando e alisando o tecido até o final.
4. Depois de forrar em toda a volta, corte o excesso de tecido e deixando um pedacinho para cobrir a parte que colou primeiro e ficar bem acabado.
5 – Agora com uma tesourinha pequena e fina, corte o excesso da parte de baixo bem rente ao pote, ou se quiser pode colocar o pote em cima do tecido e cortar um círculo para colar na parte debaixo.
6 – Esta pronto, se você estiver usando potes que tenham tampa, pode enfeitar a parte de rosquear a tampa, com uma fita ou pedaço de tecido, fica lindooo!
DICA: Pode ser encapado tb com papel de presente!
PORTA LÁPIS DE CAIXA DE LEITE


MATERIAIS:
3 caixas de leite
Papel decorado para encapar
Cola branca
Fitilho
Furador

BRINCADEIRAS
A MÚSICA DOS NOMES e IDADE: A partir de 4 meses.
TEMPO: 30 minutos.
ESPAÇO: Sala de atividades, pátio ou jardim.
OBJETIVOS: Reconhecer o próprio nome e reforçar o vínculo com o educador.Escolha uma música na qual você possa incluir o nome das crianças. Alguns exemplos: “Se Eu Fosse um Peixinho”, “A Canoa Virou”, “Ciranda, Cirandinha” e “Fui ao Itororó”. Reúna a turma em um local agradável e cante. Os bebês também podem participar, já que a intenção é fazer com que se familiarizem com os nomes. Aos que já andam, sugira uma roda, que vai se formando com aqueles que ouvem o próprio nome.
                                               

Passando moeda

Objetivos:
Trabalho em equipe, cooperação, superar metas, estratégia e organização.

Procedimentos:
- Os participantes deverão formar um grande círculo e voltados para o centro.
- O instrutor informa que o objetivo do jogo é cada participante passar uma moeda por dentro da roupa no menor tempo possível.
- O importante é que todos passem a moeda começando da camiseta, deixando a moeda escorregar até a boca da calça.
- O instrutor entraga a moeda para um participante que inicia a passagem da moeda por dentro de sua roupa. Depois que a concluído, ou seja, a moeda cair no chão, o próximo participante pegará a moeda e passará por dentro de sua roupa. A atividade termina quando todos os particpantes tiverem passado a moeda por dentro de suas roupas.
- O instrutor contará o tempo de início e término comparando as performances.


Troca Toca e Troca Coelho

Paola tem essa que é para sensibilizar as pessoas de serem excluídas. No final da dinâmica pergunte a sensação das pessoas que ficaram sem toca ou de não serem escolhidas.

- Os participantes formam grupos de 3 pessoas e 1 pessoa deverá sobrar.
- 2 pessoas erguem os braços, juntando as suas mãos, formando o telhado da toca do coelho e a terceira pessoa representará o coelho que deverá ficar dentro da toca, formado pelas 2 pessoas.
- A regra do jogo é o seguinte: Quando dado a ordem: “Troca Coelho” – os coelhos deverão trocar de toca com outros coelhos(as tocas não poderão sair do lugar). Quando for “Troca Toca” – as tocas deverão trocar de lugar, acolhendo outros coelhos(os coelhos não deverão sair do lugar).
- A pessoa que sobrou será responsável em dar as ordens para os coelhos ou para as tocas.



AMIGO OU AMIGA?: (CALMO)
Desenvolvimento: Jogadores espalhados à vontade pela sala. Provisoriamente, sairá um. Os outros escolherão, para figurar no jogo, um objeto
qualquer: mesa, caneta, etc. Será chamado o que estiver ausente.
- Amigo ou amiga? Perguntará ele.
- Amiga, dirão os outros (se o objeto for do gênero feminino).
Em seguida, irá indagando de um a um:
- Como gosta?
As respostas irão sendo dadas à vontade, evitando repetição: oval, comprida, escura, etc.
Se, com algumas destas respostas, conseguir adivinhar, escolherá um colega para substituí-lo. Caso contrário retornará ao primeiro, prosseguindo:
- Para que serve?
Irão respondendo de acordo com a utilidade do objeto. Se ainda não descobrir, dará nova volta, indagando:
- Como quer?
Prosseguirá o jogo do mesmo modo. O adivinhador terá direito de citar 3 objetos. Quando descobrir, será substituído pelo que designar.

ATENÇÃO! CONCENTRAÇÃO!: (CALMO)
Formação: Em círculo, sentados na sala de aula ou à vontade.
Desenvolvimento: Ao iniciar o jogo, todos dirão: “__ Atenção! Concentração!” Logo em seguida baterão palmas 3 vezes.
“__ Atenção” – 3 palmas
“__ Concentração” _ 3 palmas
“__ Diga o nome” _ 3 palmas
“__ Nome de” _ 3 palmas
A seguir o professor ou uma criança por ele indicada falará e os demais baterão palmas da seguinte maneira:
“__ Uma fruta” _ 3 palmas
“__ Que você” _ 3 palmas
“__ Mais gosta” _ 3 palmas
Logo após da ordem indicada pelo professor cada criança dirá o nome de uma fruta e baterá 3 palmas, que será acompanhada por todo o grupo.
Depois de todos os alunos tiverem dito o nome de uma fruta, o professor ou outro aluno, sem intercessão, continua a brincadeira, dando nova ordem.
Poderão ser lembrados: nomes de cidades, bairros, países, acidentes geográficos, vultos históricos, compositores, artistas, etc. Pagarão prendas os que errarem.

PIRULITO QUE BATE – BATE: (CALMO)
Formação: Crianças em par, uma de frente para outra.
Desenvolvimento: Começam a cantar a música, batendo com as palmas das mãos seguindo o ritmo da música. Enquanto que uma bate com a mão
esquerda outra bate com a direita e vice versa.
LETRA: Pirulito que bate – bate
Pirulito que já bateu
Quem gosta de mim é ele
Quem gosta dele sou eu

TIRO AO ALVO: (CALMO)
Material: 1 moeda.
Preparação: Alvo desenhado no chão. Crianças divididas em duas equipes.
Desenvolvimento: Virão as crianças, uma após outra, jogarão a moeda no alvo desenhado e contarão os pontos obtidos de acordo com o número
marcado no espaço onde parar a moeda. Assim procederá todo o grupo, adicionando na segunda vez que jogar os pontos alcançados anteriormente.
Caso caia em cima das linhas não haverá nada a adicionar.
Vitória: Será vencedor quem conseguir maior número de pontos.
                                        Historinhas

A EXPOSIÇÃO DE FLORES DE GUILHERME
Guilherme, um dia, foi com sua escola visitar uma exposição de flores. Era muito divertido sair com os professores e com as outras crianças. Guilherme deu a mão para seu melhor amigo e para algumas outras mamães, e os professores também estavam ali junto com eles.
Quando voltou para casa, Guilherme contou para a mãe tudo o que tinha visto na exposição de flores. Ele contou que tinha visto flores azuis, flores cor-de-rosa, e flores amarelas. Havia muitas flores, tipos diferentes, eram tantas que Guilherme não pôde ver tudo.
Guilherme estava tão excitado que quase não podia parar de falar.
A mamãe ficou feliz em ver que Guilherme gostava de flores. E ela disse:
- Guilherme, estou contente porque você gosta das flores, porque algum dia nós vamos a um lugar onde existem flores muito mais bonitas do que as que você viu hoje.
- Onde, mãe? Onde? Eu quero ir – disse Guilherme feliz, pulando, pronto para ir ali.
- Não é agora, Guilherme – disse a mamãe. – Logo Jesus vai voltar para nos levar a um lugar maravilhoso, chamado Céu. Lembra que estudamos sobre o Céu na lição da Escola Dominical. Lá vamos ver lindas flores como as que você viu hoje, e além disto, haverá outras coisas bonitas. Lá vai haver bonitos pássaros que cantam, e animais com os quais poderemos brincar. Além disso, todos vamos ter uma coroa brilhante para usar. Vai ser maravilhoso ir para o Céu. E Jesus vai estar conosco lá. Ele vai nos dizer o nome de todas as flores, também vai fazer com que elas cresçam. Eu quero ir para o Céu, você também quer?
- Sim, mamãe, eu quero ir para o Céu. Quero ver as flores, quero usar uma coroa, e principalmente, quero ver a Jesus – disse Guilherme para sua mãe.
Eu também quero ir, e vocês?
Que coisas Jesus criou que vocês gostam hoje? Vocês acham que elas serão ainda melhores quando estivermos lá no Céu? De que maneira?

A BOA IDÉIA DE SUZANA
A história que segue mostra como Suzana escolheu fazer o que agrada a Jesus.
Suzana olhou alegremente ao seu redor e para os pequenos convidados. – Faço sete anos hoje! Disse ela. Dentro de um ou dois minutos abrirei meus presentes de aniversário. Então encontrarei o relógio de pulso que o papai e a mamãe prometeram dar-me, quando eu fizesse meu sétimo aniversário!
Suzana desatou fitas azuis, fitas amarelas, fitas cor-de-rosa – um verdadeiro arco-íris de fitas. Quão interessante era ter uma festa de aniversário!
- Trouxe-te um jogo para limpeza de casa de verdade! E Leti sorriu para Suzana, enquanto os negros cachos lhe dançavam pela face. – Olha, Sue! Leti ajudou Suzana a desembrulhar o pequenino esfregão para a limpeza do pó, o vidrinho com óleo para a limpeza de móveis, e foi Leti quem colocou em Suzana o lindo aventalzinho estampado de flores alegres. Até havia um pequeno espanador, e uma vassoura!
- Você agora pode arrumar seu próprio quarto, Suzana, disse-lhe a mãe, sorrindo.
Suzana acenou com a cabeça.
Ajudar a mamãe agora seria coisa realmente bem interessante.
Tinha somente mais um presente a desembrulhar e esse devia ser o relógio de pulso. Havia numa caixa cor-de-rosa e prateada. Havia realmente um relógio! E aí Suzana viu Neti, com seu engraçado narizinho chato, espreitando pelos vãos da cerca. Nete parecia estar fazendo o possível para não chorar! Não vou convidar Neti Almeida, vai se desfazer em pranto e molhar todos os meus presentes, e portar-se mal, dissera Suzana a sua companheira predileta Leti. Esta concordara com ela...
Suzana voltou as costas para a cerca, e fez de conta que Nete fora embora. Começou a brincar de “lenço-atrás” com as outras crianças, mas, por mais que fizesse, não podia achar graça no brinquedo. Não, não havia graça alguma. Até Leti não demonstrava vontade de brincar, e olhava triste para Neti.

Durante toda a manhã Suzana excluíra Neti da mente. No dia anterior, quando sua mãe lhe dissera bondosamente: - Querida Suzana, não gostaria você que Neti tomasse parte, amanhã, na sua festinha de aniversário? Suzana batera o pé e dissera: “Não!”.
A mãe estivera muito ocupada, fazendo os bolos para a festinha, e arranjando os brinquedos e outras coisas, mas parara para dizer: - Temo que você magoe Neti, Suzana. Bem sei que lhe prometi que poderia escolher os companheiros que desejava que viessem no seu aniversário, mas não seria melhor que qualquer hora, hoje, você desse um pulo e convidasse Neti? Ela, certamente, não assiste a muitas festas de aniversário, e haveria de gostar bastante se a convidasse. Não espere que lhe traga um presente, querida, porque seus pais são muito pobres.
Tão ocupada estava a mãe de Suzana com os planos da festinha, que se esqueceu de Neti, justamente como Suzana esperava que acontecesse.
- Convidou Neti? Perguntou-lhe a mãe. (Suzana pendeu a cabeça e corou de vergonha, pois ela e Leti haviam rasgado o lindo cartão cor-de-rosa do convite reservado para Neti.) Confiei na minha pequena, senão eu mesma tê-la-ia convidado, disse gravemente a mãe de Suzana, demonstrando estar bem triste.
Suzana sentiu-se muito mal. Ali estava ela, com os presentes empilhados ao seu redor e o belo relógio de pulso no braço a fazer tique-taque, mas não tinha nem um pouco de alegria. Nem um pouco! Suzana sentiu como se fosse a menina mais infeliz do mundo, pois repentinamente vira quão egoísta tinha sido, quão falta de bondade para com Neti. Todos podiam ver Neti choramingar agachada atrás da cerca, procurando ver a mesa de aniversário!
Foi nesse momento que Suzana teve a boa idéia.
Girou velozmente, e correu o mais depressa possível até o passeio e ao redor da cerca, até encontrar Neti. – Venha para a festa! Suzana tomou na sua à mão de Neti, apertando-a com satisfação. Quão bem se sentia agora!

- Vou dar-te o meu aventalzinho branco. Neti quero dizer que será seu mesmo... Já fiz sete anos hoje; sete, realmente! E Suzana meditava, enquanto cortava um pedaço do bolo de aniversário para Neti. “Não posso continuar a ser mesquinha para ninguém, porque estou quase moça!”.

9

Atividades Letra H














Coleções de alfabetização  
Algumas atividades postadas nesse Blog, não são de minha autoria,são materiais retirados de livros, internet e outras fontes. Caso seja de sua autoria,agradeço desde já esse material disponibilizado e ficaria feliz em receber uma mensagem sua honrando seus méritos. Prof. Viviane.

1

A escrita a partir do enfoque psicomotor



          A escrita é o ato motor mais fino e extremamente complexo, que requer a intervenção das partes corporais passivas e de sua capacidade de inibição (antebraço, braço, ombro) e das partes corporais ativas e sua capacidade de controle (dedos, mão, punho).
            Uma falha na coordenação fina pode fazer com que a criança não tenha força e precisão suficiente para imprimir maior velocidade à mão, ocasionando uma lentidão na escrita, o que dificulta a realização de gestos harmoniosos simples.
             A importância de que haja orientação espacial e temporal, é porque devemos escrever as as uma  palavras uma após a outra, respeitando  o espaço e o ritmo.


 
 Passa por três etapas diferenciadoras:
  • Identificação de cada um de seus componentes, onde se fixam as memórias viso-perceptivas motoras e resolvem em cada grafia seu ponto inicial, sua direcionalidade rotacional, seu tamanho e sua situação espacial;
  • Fluidez onde se dão os encadeamentos das grafias, o que possibilita a liberação de energia cortical, sendo o início da incorporação do significado ao significante. A palavra se utiliza como estrutura gráfica e se dirige o intervalo. Dá-se a ortografia e pontuação simples. Etapa de grande lentidão;
  • Automatização, sendo nesta última etapa quando a criança pode liberar energia da atividade mental ocupada em resolver problemas espaciais para outros processos de distinta natureza cortical, como são os simbólicos. Dá-se a melodia cinética, termo utilizado por Luria, que se refere à integração motora das grafias encadeadas, formando sequências, onde o impulso que se gera no risco da grafia se encadeia com a outra, formando uma estrutura melódica motora.

            Por que a psicomotricidade fina como alternativa na aprendizagem da escrita? Por ser um processo evolutivo que se encarrega da pré-aprendizagem da escrita, do desenvolvimento do significante, de como se realizam os traços das grafias, como se encadeiam e como se chega à automatização para incorporar o significado ao significante.
            Tem por objeto a análise dos processos que intervêm na realização das grafias, assim como o modo em que estas podem ser automatizadas e cujo resultado responde aos fatores de fluidez, harmonia tônica, rapidez e legibilidade.
            A grafia é o risco resultante de um movimento. Se podemos repeti-lo de maneira idêntica, então este foi interiorizado, criou-se uma estrutura neuronal, um apto. Este é um exercício de controle motor que surge como resultante de uma grande quantidade de ajustes perceptíveis e motores, sua regulação nervosa e implicação afetiva do sujeito.
            Sem o desenvolvimento de determinadas condições perceptivas e neuromotoras, não há estrutura para assentar o gesto gráfico. Por outro lado, se não se interioriza a grafia em sua adequada direcionalidade, tanto em seu movimento de avanço (de esquerda à direita) como em seus giros no espaço, tampouco poderá produzir-se sua evolução.

 
            A escrita é um sistema prático ao requerer da execução do ato motor voluntário e ao ser o ato mais fino que realiza o ser humano através do órgão mais ativo, a mão, e é indispensável ter adquirido uma dominância gráfica de uma mão com respeito à outra, a qual

não se obtém de maneira definitiva antes dos 6 anos de idade.
            Mencionaremos aqui os quatro fatores psicomotores básicos que determinam o desenvolvimento do significante da escrita:
  1. A direcionalidade ou aspecto perceptivo-motor;
  2. A pulsão tônica, ou a capacidade de controle voluntário da pressão;
  3. A coordenação visomotora;
  4. A codificação/decodificação viso-auditiva-motora.
A direcionalidade caracteriza às linguagens superioras já que os sinais são emitidos em uma ordem temporal-espacial determinada; no caso da escrita, deve-se propiciar a automatização da direção de cima a baixo e de esquerda a direita. Esta direcionalidade contém dois vetores na escrita: um visual o outro motor, que correspondem aos processos de leitura e escrita.
            A pulsão tônica, processo de controle da independência segmentária que se expressa na capacidade de um maior ou menor controle na pressão voluntária do útil (lápis) sobre o suporte (papel), e isto se deve a uma regulação do sistema nervoso.
            A coordenação visomotora é a orientação do ato gráfico de acordo com as necessidades da escrita. O risco voluntário se caracteriza por evoluir através de três fases, sendo a primeira a que corresponde ao deslocamento do braço, e seu “registro” resultante; o segundo corresponde a um movimento pré-rotacional, sendo seu deslocamento o que forma as características da curva; na terceira fase dão-se os traços rotacionais e mistos.
Os processos de codificação-decodificação configuram o último aspecto da pré-aprendizagem. A escrita é um sistema duplo: Quando escrevemos, transformamos os sinais auditivos para visuais. Isso requer três processos simultâneos: primeiro, memória auditiva; em segundo lugar, capacidade de articulação para transladar os fonemas e grafemas; e em terceiro, memória visual que permita recordar os códigos gráficos sobre os quais vai se exercer a transposição.


 
                                Etapas do Desenvolvimento motor e Idade Psicomotora
            O desenvolvimento psicomotor elabora-se desde o nascimento e progride lentamente de acordo com a vivência e oportunidade que a criança possui em explorar o mundo que a rodeia.

1ª Etapa – CORPO VIVIDO (até 3 anos de idade)
            Esta fase corresponde à fase da inteligência  29sensório motora de Jean Piaget. É a fase que podemos chamar de vivência corporal. Os elementos psicomotores e cognitivos caminham lado a lado, pois já um depende do outro.É a fase do conhecimento do corpo.
             No final desta fase pode-se falar em imagem de corpo, pois “eu” se torna unificado e individualizado.
2ª Etapa – CORPO PERCEBIDO OU “DESCOBERTO” (3 a 7 anos)
              É nesta fase que a dominância lateral se instala e com ela descobre seu eixo corporal. Passa a ver seu corpo como um ponto de referência para se situar e situar os objetos em seu espaço e tempo.A criança chega à representação mental dos elementos do espaço.
3ª Etapa – CORPO REPRESENTADO (7 a 12 anos)
              É nesta etapa a criança chega a uma espaço representativo.Ela amplia e organiza seu esquema corporal, não mais se centraliza, mas evolui para a descentralização, para a representação mental de um espaço orientado que não toma mais somente seu corpo como ponto de referência, mas utiliza outros pontos de referências exteriores a ela.
             A partir de 10 anos a criança possui uma disponibilidade de uma imagem mental do corpo em movimento.

 
             Aos 12 anos adapta seu gesto às circunstâncias imediatas, possuindo uma disponibilidade corporal que a torna capaz de modificar seu gesto de maneira imediata.           
  
                                                 
            A psicomotricidade fina é um processo do desenvolvimento psicomotor que requer uma estrutura para sua aplicação, é por isso que conta com um método para crianças de três a seis anos, que tem como objetivo fundamental criar na criança os hábitos que lhe permitam enfrentar com menor dificuldade a aprendizagem da leitura e a escrita.
            Quando a criança se encontra em uma fase de aprendizagem e pretendemos forçar o ritmo de desenvolvimento, manifesta-se o disgrafismo. Não esqueçamos que o ritmo de desenvolvimento é único, e estimular só é possível quando conhecemos a cadeia evolutiva do desenvolvimento, assim como a situação de cada criança dentro dessa cadeia.
            A integração da escrita se leva a cabo durante um período de cinco ou seis anos ao menos, e disso vai depender o futuro desenvolvimento cognitivo da criança. Ao falhar algum dos pré-requisitos, vê-se afetado o processo grafomotor que se requer para poder escrever.
A escrita é tão importante para o desenvolvimento futuro do pensamento da criança, que devemos respeitá-la sempre. Respeitar seu ritmo de desenvolvimento. Fomentar a experimentação, facilitando sua expressão.










20

Sistemas do Corpo Humano - ATIVIDADES

SISTEMA URINÁRIO 


1-       Qual a função dos rins?

..............................................................................................................................

.............................................................................................................................

2-       O que contém os rins?

..............................................................................................................................

..............................................................................................................................

3-Quantos litros de sangue são filtrados em cada rim?
   ..............................................................................................................................

..............................................................................................................................

      SISTEMA Respiratório 


   
1)      Quanto a laringe mede?




2)      O que as fossas nasais fazem?



3)      O que é traquéia?





4)      O que são os brônquios?




5)      O que são alvéolos?





6) O que protege os pulmões? 


                                             SISTEMA DIGESTIVO 

  Nomeie corretamente:


     1) Complete:
O homem tem necessidade de se alimentar para viver ,pois são os alimentos que lhe fornecem os _______________________ (nutrientes)
Conjunto de processos que permitem transformar os alimentos  nos seus constituintes mais simples ____________________________________ (digestão)
Órgão do tubo digestivo  onde se inicia a digestão ________________ (boca)
Órgão musculoso essencial ao processo de deglutição ___________________ (língua)
Órgão do tubo digestivo que pertence simultaneamente às vias digestivas e às vias respiratórias ___________________________(faringe)
Saco musculoso que comunica com o esôfago e com o intestino delgado ________________(estômago)
Longo tubo com cerca de 7 m de comprimento _________________(intestino delgado)
Última parte do tubo digestivo, onde se acumulam as fezes _______________( intestino grosso)
Estrutura da boca que exercem acção  mecânica sobre os alimentos __________ e _________ ( dentes e língua)
Substância que exerce acção química sobre os alimentos na boca ______________ (saliva)
Estrutura que produzem a saliva  _________________(glândulas salivares)
  


 2) MARQUE COM X A ALTERNATIVA CORRETA: 

A) A transformação dos alimentos em nutrientes utilizáveis pelo nosso organismo é realizado pelo:

   (   ) sistema urinário       (    ) sistema digestivo      (      ) sistema muscular       (   ) sistema respiratório
    (   )  sistema reprodutor      (    ) sistema nervoso   (    ) sistema cardiovascular


B) O sistema digestivo humano é constituído:

(   ) pelo tubo digestivo
(   ) pelo tubo digestivo e glândulas anexas
(   ) pelo esôfago, estômago e intestino
(   ) pela boca, esôfago,estômago e intestino



SISTEMA MUSCULAR




 1. Qual dos músculos não aduz o braço?
a) Peitoral menor
b) Redondo maior
c) Peitoral maior
d) Latíssimo do dorso
e) Subscapular

2. Qual dos músculos não se insere no epicôndilo medial do úmero?
a) Flexor superficial dos dedos
b) Palmar longo
c) Pronador redondo
d) Flexor radial do carpo
e) Flexor profundo dos dedos

3. Qual dos músculos abaixo se contrai apenas durante a expiração forçada?
a) Diafragma
b) Intercostais internos
c) Esternocleidomastóide
d) Escalenos
e) Reto abdominal

4. Qual dos músculos não pertence a região suboccipital?
a) Semiespinhal do pescoço
b) Oblíquo superior da cabeça
c) Reto posterior maior da cabeça
d) Reto posterior menor da cabeça
e) Oblíquo inferior da cabeça

5. Qual dos músculos não se insere na linha alba?
a) Oblíquo externo do abdome
b) Oblíquo interno do abdome
c) transverso do abdome
d) piramidal do abdome
e) Nenhuma das anteriores

6. Qual dos músculos abaixo é supra-hióideo?
a) Omoióideo
b) Esternoióideo
c) Esternotireóideo
d) Tireoióideo
e) Miloióideo

7. Qual dos músculos abaixo é inspiratório, ou seja, eleva as costelas?
a) Intercostal externo
b) Serratil póstero-inferior
c) Levantador das costelas
d) A e C estão corretas
e) A e B estão corretas

8. Qual dos músculos não realiza planti-flexão do tornozelo?
a) Tibial posterior
b) Flexor longo dos dedos
c) Flexor longo do hálux
d) Fibular longo
e) Nenhuma das anteriores

9. Qual dos músculos não se insere na mandíbula?
a) Masseter
b) Digástrico
c) Pterigóideo lateral
d) Temporal
e) Estiloióideo

10. Qual dos músculos não se insere no occipital?
a) Reto posterior maior da cabeça
b) Oblíquo inferior da cabeça
c) Oblíquo superior da cabeça
d) Reto posterior maior da cabeça
e) Trapézio

Gabarito: a, e, e, a, e, e, d, e, e, b

 Questionário:
1. Conceitue músculos.
2. Qual a função dos músculos?
3. Defina músculos superficiais.
4. Deferencie músculos longos, curtos e largos.
5. Caracterize músculos estriados quanto à situação.
6. Caracterize músculos estriados quanto à disposição da fibra.
7. Cite e caracterize os tipos de músculos.
8. Qual a diferença emtre ventre muscular e tendão?
9. O que é aponeurose?
10. Explique: contração concêntrica e excêntrica. Qual a principal diferença, desses dois tipos de contrações, da isométrica?
11. Cite dois músculos do couro cabeludo.
12. Cite os 3 músculos do nariz.
13. Cite os 3 músculos da orelha.
14. Cite 5 músculos da boca.
15. Cite dois componentes do tecido conjuntivo.
16. Cite os músculos mastigatórios.
17. Cite 2 músculos que realizam oclusão da mandíbula.
18. Qual dos músculos supra-hióideos se insere no processo mastóide?
19. Cite 3 músculos que elevam o osso hióide.
20. Cite os 4 músculos infra-hióideos.
21. Cite 4 músculos que se inserem no osso temporal.
22. Qual a função completa do esternocleidomastóideo?
23. Cite 4 músculos que realizam a extensão da coluna cervical.
24. Cite três músculos flexores de pescoço.
25. Cite 3 músculos que se inserem no osso occipital.
26. Cite os músculos da região ântero-lateral do pescoço.
27. Cite 4 músculos que inclinam lateralmente a coluna cervical.
28. Cite os músculos da região pré-vertebral.
29. Cite 5 músculo que elevam as costelas.
30. Cite os músculos da região ântero-lateral do tórax.
31. Cite 4 músculos inspiratórios.
32. Cite 3 músculos expiratórios.
33. Cite dois músculos que se inserem na primeira costela.
34. Cite três músculos que se inserem na clavícula.
35. Qual a origem e inserção do músculo peitoral maior?
36. Qual a função do serrátil anterior?
37. Cite 3 músculos que se inserem no processo coracóide.
38. Cite 4 músculos que aumentam a pressão intra-abdominal.
39. Cite os músculos da região antero-lateral do abdome.
40. Onde encontramos o músculo digástrico?
41. Cite 4 músculos que se inserem na linha alba.
42. Quais músculos abdominais tem inserção na aponeurose abdominal?
43. Qual músculo abdominal tem papel fundamental na estabilização da coluna lombar?
44. Qual a principal função do iliopsoas? Dê sua origem e inserção completa.
45. Qual nervo inerva o diafragma? Qual seu nível medular?
46. Cite 3 estruturas que cruzam pelo diafragma.
47. Qual a função dos músculos trapézio e latíssimo do dorso?
48. Cite dois músculos inervados pelo nervo acessório.
49. Cite 2 músculos que se inserem na borda medial da escápula.
50. Cite 3 músculos extensores da coluna vertebral.
51. Relacione as funções dos músculos esternocleidomastóide e trapézio em relação ao agonismo e antagonismo dos mesmos.
52. Cite os músculos do triângulo suboccipital.
53. Cite um agonista e um antagonista dos seguintes músculos: rombóide e peitoral maior.
54. Cite 6 músculos que se inserem na escápula.
55. Cite 3 músculos que se inserem no processo coracóide da escápula.
56. Cite 2 músculos adutores de escápula.
57. Cite dois músculos inervados pelo nervo axilar.
58. Cite dos músculos do ombro: 2 abdutores, 2 adutores e 2 rotadores laterais.
59. Cite 2 músculos elevadores e 1 depressor do ombro.
60. Cite os músculos do manguito rotador e dê suas ações.
61. Cite os músculos da região anterior do braço.
62. Cite 4 músculos que se inserem no úmero.
63. Cite dois músculos que se inserem no tubérculo maior do úmero.
64. Cite 2 rotadores mediais do braço.
65. Cite os músculos que se inserem no tubérculo maior do úmero.
66. Cite dois músculos inervados pelo nervo musculocutâneo.
67. Cite os músculos da região anterior do braço que fazem flexão de cotovelo.
68. Cite 3 músculos que se inserem no epicôndilo lateral e 3 que se inserem no epicôndilo medial.
69. Cite o principal extensor do cotovelo.
70. Cite o músculo do braço que não apresenta nenhuma inserção no úmero.
71. Cite os músculos da região lateral do antebraço.
72. Cite os 4 músculos profundos da região posterior do antebraço.
73. Cite 2 flexores do cotovelo.
74. Cite dois músculos supinadores e dois pronadores de antebraço.
75. Cite 4 flexores de punho.
76. Cite 3 extensores de punho.
77. Cite 4 músculos que se inserem nos ossos do carpo.
78. Cite 3 flexores e 3 extensores do punho respectivamente.
79. Cite 2 músculos que realizam adução e abdução da mão.
80. Cite 5 músculos inervados pelo nervo ulnar.
81. Cite 2 músculos que fazem flexão da mão e dos dedos ao mesmo tempo.
82. Quais músculos da região anterior do antebraço não são inervados pelo nervo mediano?
83. Cite 2 músculos que se inserem no osso pisiforme.
84. Cite 2 músculos que se inserem no osso hamato.
85. Cite os músculos da região hipotenar.
86. Cite os músculos da região tenar.
87. Cite 4 músculos que se inserem na crista ilíaca.
88. Cite 2 músculos que se inserem na espinha ilíaca ântero-superior.
89. Cite 2 músculos que se inserem na tuberosidade isquiática.
90. Cite 2 músculos que fazem flexão de quadril.
91. Cite 2 músculos que realizam abdução de quadril.
92. Cite 2 músculos que realizam rotação medial de quadril.
93. Cite o principal flexor do quadril.
94. Cite 3 músculos inervados pelo nervo glúteo superior.
95. Cite 5 músculos rotadores laterais do quadril.
96. Cite o principal extensor do quadril.
97. Cite três extensores de quadril.
98. Cite 2 músculos que se inserem no trocânter maior do fêmur.
99. Cite 5 músculos que se inserem na diáfise do fêmur.
100. Cite 3 músculos inseridos no côndilo lateral do fêmur.
101. Cite 3 adutores da coxa.
102. Cite o principal extensor do joelho.
103. Cite 4 flexores do joelho.
104. Quais músculos formam o tríceps sural?
105. Cite dois músculos inervados pelo nervo fibular profundo.
106. Cite os músculos da região anterior da perna.
107. Cite os músculos profundos da região posterior da perna.
108. Cite 3 dorsi-flexores e 3 planti-flexores do tornozelo.
109. Cite 2 músculos resposnáveis pelo movimento de inversão do tornozelo.
110. Cite os músculos da região plantar lateral e medial do pé.

SISTEMA CARDIOVASCULAR



1. Qual das quatro cavidades cardíacas possui sua parede lisa?
a) Átrio esquerdo
b) Átrio direito
c) Ventrículo esquerdo
d) Ventrículo direito
e) Nenhuma das anteriores

2. Onde começa e onde termina, respectivamente, a circulação sistêmica?
a) Átrio esquerdo - ventrículo direito
b) Átrio direito - ventrículo esquerdo
c) Ventrículo direito - átrio esquerdo
d) Ventrículo esquerdo - átrio direito
e) Nenhuma das anteriores

3. Assinale a alternativa correta.
a) O sangue venoso entra no coração através do átrio esquerdo
b) As veias pulmonares desembocam no átrio esquerdo
c) As artérias pulmonares trazem o sangue oxigenado dos pulmões para o coração
d) A partir do átrio direito o sangue segue pelo ventrículo esquerdo
e) O tronco da artéria pulmonar origina-se no ventrículo esquerdo

4. Em qual das estruturas abaixo ocorre as trocas gasosas entre os vasos sangüíneos e os tecidos do corpo?
a) Artérias
b) Arteríolas
c) Capilares
d) Vênulas
e) Veias

5. Assinale a alternativa correta.
a) Por baixo do ligamento inguinal transita a artéria, veia e nervo femoral
b) O ligamento inguinal é um ponto anatômico importante pois separa a coxa da regição inguinal
c) Na fossa poplítea a artéria femoral passa a ser chamada de artéria poplítea
d) Na região superior e anterior da coxa, vemos no feixe vásculo-nervoso, de medial para lateral, as estruturas na seguinte ordem: veia, artéria e nervo femoral
e) A safena parva ascende na linha média posterior da perna

6. Quais os três ramos da curva da aorta?
a) Tronco braquiocefálico arterial, artéria carótida comum direita e artéria subclávia direita
b) Tronco braquiocefálico arterial, artéria carótida comum direita e artéria subclávia esquerda
c) Tronco braquiocefálico arterial, artéria carótida comum esquerda e artéria subclávia direita
d) Tronco braquiocefálico arterial, artéria carótida comum esquerda e artéria subclávia esquerda
e) Nenhuma das anteriores

7. Qual dos seios abaixo é ímpar?
a) Seio reto
b) Seio esfenoparietal
c) Seio cavernoso
d) Seio sigmóide
e) Seio occipital

8. Durante a diástole ventricular, quais as válvulas estão fechadas?
a) Válvula mitral e tricúspide
b) Válvula mitral e aórtica
c) Válvula tricúspide e pulmonar
d) Válvula pulmonar e aórtica
e) Nenhuma das anteriores

9. Qual é a válvula que impede o retorno de sangue para o ventrículo direito?
a) Válvula mitral
b) Válvula tricúspide
c) Válvula pulmonar
d) Válvula aórtica
e) Nenhuma das anteriores

10. Qual dos vasos abaixo sai do ventrículo direito?
a) Artéria aorta
b) Tronco pulmonar
c) Veias pulmonares
d) Veia cava superior

Gabarito: a, d, b, c, d, d, a, d, c, b

Questionário 2 

1. Qual a principal função dos sistema cardiovascular?

2. Explique as circulações pulmonar e sistêmica.

3. Onde termina a circulação pulmonar?

4. Quais cavidades cardíacas estão relacionadas com a circulação sistêmica?

5. Quais cavidades cardíacas estão relacionadas com a circulação pulmonar?

6. Cite duas funções do sangue.

7. Qual a constituição do sangue?

8. Diferencie glóbulos vermelhos e brancos.

9. Cite os ramos terminais da artéria aorta.

10. O que são plaquetas?

11. Explique a posição correta do coração.

12. Quais os limites do coração?

13. Qual o nome da camada serosa que envolve o coração formando um saco?

14. Quais são as camadas da parede cardíaca? EXplique-as.

15. Qual das camadas cardíacas é a mais calibrosa?

16. Descreva a configuração interna do coração.

17. Em qual das cavidades do coração encontramos o ósteo do seio coronário?

18. Qual a função das válvulas (valvas) mitral e tricúspide? E das semilunares aórtica e pulmonar?

19. O ósteo atrioventricular esquerdo possui qual válvula? E o direito?

20. Qual válvula encontramos na saída do ventrículo direito?

21. Qual válvula encontramos no ósteo atrioventrícular direito?

22. Qual válvula encontramos no ósteo atrioventricular esquerdo?

23. Qual válvula encontramos na saída do ventrículo esquerdo?

24. Explique a estrutura anatômica das válvulas atrioventriculares?

25. O que é sistole? E diástole?

26. Durante a sístole cardíaca, quais as válvulas que abrem e quais se fecham, respectivamente?

27. Cite as subdivisões das artérias coronárias direita e esquerda.

28. Explique o feixe elétrico do coração.

29. Onde está localizada a estrutura conhecida por "marcapasso cardíaco"?

30. Cite 3 diferenças entre a circulação arterial e a venosa.

31. Cite e explique as 3 túnicas que formam a parede dos vasos sanguíneos.

32. Qual a diferença entre as artérias e as veias?

33. O que é uma anastomose? Cite um exemplo.

34. Qual a diferença entre hematose e difusão?

35. Qual o(s) vaso(s) leva sangue para aos alvéolos para que seja realizada a hematose? Qual o(s) vaso(s) leva o sangue de volta ao coração?

36. Cite os ramos da curva da aorta e para onde levam sangue.

37. Quais artérias são responsáveis pela irrigação do coração? Como se dividem?

38. Quais os dois primeiros ramos da artéria aorta?

39. Cite os vasos que levam sangue arterial para o cérebro.

40. Explique o polígono de Willis.

41. Cite os vasos que encontramos da artéria subclávia esquerda até a mão esquerda.

42. Cite os ramos terminais da artéria braquial.

43. Quais vasos se originam do tronco celíaco? Para onde esses levam sangue?

44. Explique a irrigação sanguinea dos intestinos.

45. Quais são os ramos terminais da artéria aorta?

46. Cite os vasos que encontramos entre a artéria ilíaca externa esquerda até o pé esquerdo.

47. Quais vasos levam o sangue dos pulmões ao coração?

48. Cite os vasos que levam sangue para o átrio esquerdo.

49. Cite os vasos que levam sangue para o átrio direito.

50. Cite os vasos que formam a veia cava superior e inferior.

51. O que é o seio coronário?

52. Quais veias drenam o sangue da cabeça? Para quais veias levam o sangue venoso?

53. Cite 2 seios pares e 2 seios ímpares do crânio.
54. Explique disposição venosa do sistema de ázigos.

55. No abdome, há um sistema venoso muito importante que recolhe sangue das vísceras abdominais para transportá-lo ao fígado. É o sistema da veia porta. Explique-o.

56. Cite as veias superficiais dos membros superiores e inferiores e para onde as mesmas drenam seu sangue.

57. Cite os vasos que formam a veia ilíaca comum direita.

58. Cite os vasos que dão origem a vaia cava inferior.

59. Cite uma artéria do corpo humano que transporta sangue venoso.

60. Cite os vasos que saem das cavidades ejetoras de sangue do coração.






SISTEMA ESQUELÉTICO




1. Qual dos ossos abaixo não se articula com o fêmur?
a) Patela
b) Tíbia
c) Fíbula
d) Ilíaco
e) Nenhuma das anteriores

2. Qual dos ossos não pertence ao neurocrânio?
a) Esfenóide
b) Mandíbula
c) Etmóide
d) Frontal
e) Parietal

3. Qual dos ossos abaixo pertence ao pé?
a) Semilunar
b) Tálus
c) Pisiforme
d) Hamato
e) Trapezóide

4. Qual dos ossos listados abaixo não faz parte do esqueleto apendicular?
a) Clavícula
b) Escápula
c) Fêmur
d) Osso do quadril (ilíaco)
e) Sacro

5. Qual das estruturas abaixo não está localizada no fêmur?
a) Tubérculo maior
b) Linha áspera
c) Colo anatômico
d) Tubérculo adutório
e) Linha intertrocantérica

6. Qual o número de ossos que normalmente observamos em um membro superior?
a) 30
b) 31
c) 32
d) 33
e) 34

7. Qual dos acidentes ósseos não pertence a epífise proximal da tíbia?
a) Côndilo medial da tíbia
b) Maléolo medial da tíbia
c) Eminência intercondilar
d) Tuberosidade anterior
e) Face articular para fíbula

8. Qual das estruturas abaixo não está localizada no ilíaco?
a) Túber isquiático
b) Púbis
c) Forame obturado
d) Cavidade glenóide
e) Linha arqueada

9. Qual dos ossos não se articula com o úmero?
a) Rádio
b) Ulna
c) Escápula
d) Clavícula
e) Nenhuma das anteriores

10. Qual da vértebras listadas abaixo se caracteriza pela ausência do corpo vertebral?
a) Atlas
b) Axis
c) Vértebra proeminente
d) Vértebra T5
e) Vértebra L3

Gabarito: c, b, b, e, a, c, b, d, d, a
                                                         Questionário:

1. Conceitue osso e cartilagem.

2. Cite 3 funções do sistema esquelético.

3. Como se divide o esqueleto? O que encontramos em cada parte?

4. Defina osso pneumático. Dê um exemplo.

5. Defina osso plano. Dê um exemplo.

6. Defina osso curto. Dê um exemplo.

7. Defina osso longo. Dê um exemplo.

8. O que são ossos sesamóides?

9. Explique a estrutura dos ossos longos.

10. Cite 2 saliências ósseas articulares e 2 depressões ósseas não articulares.

11. Conceitue periósteo e endósteo.

12. Cite os ossos pares do crânio e ímpares da face.

13. Cite os ossos ímpares do crânio e pares da face.

14. Cite três acidentes ósseos de cada um dos seguintes ossos: occipital, temporal, mandíbula e esfenóide.

15. Cite um forame de cada um dos seguintes ossos: temporal, occipital, etmóide e esfenóide.

16. Cite três ossos que se articulam com: a maxila, o frontal, o zigomático e o esfenóide.

17. Cite 3 estruturas encontradas na face medial da mandíbula.

18. Cite 3 estruturas encontradas no ramo da mandíbula.

19. Cite 3 forames do osso esfenóide.

20. Cite 2 estruturas da parte petrosa do temporal.

21. Qual o único osso móvel da cabeça?

22. Cite os ossos que formam, respectivamente, o bregma e o lambda.

23. Qual sutura é formada pela união dos ossos perietais?

24. Cite os ossos que formam a sutura coronal.

25. Cite as 2 forames de cada fossa craniana.

26. Cite os ossos que formam a fossa craniana posterior.

27. Cite os ossos que formam a fossa craniana média.

28. Como o osso esterno é subdividido?

29. Cite duas estruturas do manúbrio.

30. Com quais ossos o esterno se articula?

31. Quantos ossos encontramos no tórax humano?

32. Explique como classificamos as costelas. Qual o número de costelas em cada parte?

33. Cite as divisões da coluna vertebral e quantas vértebras encontramos em cada uma delas.

34. Qual estrutura une o processo espinhoso ao processo transverso?

35. Qual estrutura une o processo transverso ao corpo vertebral?

36. Como ocorre a articulação entre as costelas e a coluna vertebral?

37. Cite 3 funções da coluna vertebral.

38. Quais as características gerais das vértebras?

39. Explique como diferenciamos as vértebras por região.

40. Cite quais ossos se articulam com a primeira vértebra torácica (T1).

41. Cite 5 acidentes ósseos do sacro.

42. Quais ossos se articulam com o sacro?

43. Explique a anatomia do disco intervertebral.

44. Cite 5 acidentes da escápula e com quais ossos se articula.

45. Cite 3 acidentes do ângulo lateral da escápula.

46. Qual estrutura divide a face posterior da escápula em duas fossas?

47. EXplique anatomicamente a clavícula e cite com quais ossos ela se articula.

48. Explique como colocar a clavícula na posição anatômica.

49. Cite 4 acidentes ósseos da epífise proximal do úmero.

50. Cite 4 acidentes ósseos da epífise distal do úmero.

51. Cite com quais ossos o úmero se articula.

52. A qual osso pertence o olécrano? Cite com quais ossos esse osso se articula.

53. Cite duas estruturas da epífise proximal da ulna e do rádio.

54. Cite 4 acidentes da epífise proximal do osso medial do antebraço.

55. Cite os ossos da fileira distal do carpo.

56. Quantos ossos temos nas mãos? E nos pés?

57. Quantos ossos encontramos no membro superior? E no inferior?

58. Explique como colocar o osso ilíaco na posição anatômica.

59. Como o ilíaco é subdividido? Cite um acidente ósseo de cada uma de suas subdivisões.

60. Com quantos ossos o ilíaco se articula? Cite-os.

61. Cite 5 acidentes ósseos do osso do quadril.

62. Cite 4 acidentes ósseos da face externa do osso do quadril.

63. Cite 4 acidentes ósseos da borda posterior do osso do quadril.

64. Qual o nome do grande forame do osso do quadril?

65. Qual a região do osso ilíaco articula-se com a cabeça do fêmur?

66. Cite com quais ossos o fêmur se articula.

67. Cite dois acidentes ósseos da epífise proximal e dois da epífise distal do fêmur.

68. Cite as três linhas que se originam da linha áspera.

69. Cite 4 acidentes da epífise proximal do osso medial da perna.

70. Explique como colocar a fíbula na posição anatômica.

71. Cite duas estruturas da epífise distal da fíbula e da tíbia.

72. Qual osso do pé se articula com a perna?

73. Cite as articulações do osso medial da perna e do osso lateral do antebraço.

74. Cite os ossos do tarso.


SISTEMA NERVOSO 



1. Através de qual forame o líquor passa para o encéfalo?
a) Forame interventricular
b) Aqueduto cerebral
c) Aberturas laterais
d) Abertura mediana
e) Nenhuma das anteriores

2. A área motora primária localiza-se:
a) Giro pré-central
b) Giro pós-central
c) Giro frontal superior
d) Lobo occipital
e) Face medial

3. Qual das estruturas do diencéfalo é formada pelas paredes do tálamo?
a) Hipotálamo
b) Epitálamo
c) III ventrículo
d) Aqueduto cerebral
e) Hipófise

4. Qual dos músculos não é inervado pelo nervo musculocutâneo?
a) Braquial anterior
b) Bíceps braquial
c) Coracobraquial
d) Tríceps braquial
e) Nenhuma das anteriores

5. Através de qual forame o líquor passa para o canal vertebral?
a) Forame interventricular
b) Aqueduto cerebral
c) Aberturas laterais
d) Abertura mediana
e) Nenhuma das anteriores

6. Qual dos sulcos não é observado na vista medial do telencéfalo?
a) Sulco intra-parietal
b) Sulco do corpo caloso
c) Sulco do cíngulo
d) Sulco parieto-occipital
e) Sulco calcarino

7. Quais estruturas formam o tronco encefálico?
a) Mesencéfalo, ponte e bulbo
b) Mesencéfalo, tálamo e bulbo
c) Ponte, bulbo e medula espinhal
d) Tálamo, mesencéfalo e ponte
e) Tálamo, ponte e bulbo

8. Quantos pares de nervos cranianos encontramos no tronco encefálico?
a) 8
b) 9
c) 10
d) 11
e) 12

9. Quais são os ramos finais do fascículo medial do plexo braquial?
a) Nervos radial e ulnar
b) Nervos mediano e ulnar
c) Nervos musculocutaneo e radial
d) Nervo musculocutâneo e mediano
e) Nervos mediano e radial

10. Qual dos sulcos não é observado na vista inferior do telencéfalo?
a) Sulco occipitotemporal
b) Sulco colateral
c) Sulcos orbitários
d) Sulco do hipocampo
e) Sulco calcarino

Gabarito: c, a, c, d, d, a, a, c, b, e

Questionário 2:
1. Qual dos folhetos embrionários dá origem ao sistema nervoso?Explique a formação do tubo neural e da crista neural. A quem esses elementos dão origem?
2. Cite as vesículas encefálicas primordiais.
3. Explique o desenvolvimento das estruturas neurais das vesículas encefálicas primordiais até o desenvolvimento completo do sistema nervoso central.
4. Explique a formação dos ventrículos cerebrais.
5. Descreva a divisão do sistema nervoso central e periférico baseado em critérios anatômicos e funcionais.
6. Explique suscintamente o sistema nervoso somático e o visceral.
7. Quais são os dois tipos celulares encontrados no tecido nervoso?
8. O que são neurônios? Explique suas partes.
9. Cite os 3 tipos de neurônios que compõem o sistema nervoso.
10. Cite as 3 funções básicas do sistema nervoso.
11. Como os neurônios são classificados quanto a seus prolongamentos?
12. O que são sinapses? Como ocorre a comunicação entre neurônios?
13. O são nervos?
14. Qual o limite superior e inferior da medula espinnal?
15. Cite as duas dilatações encontradas na medula espinhal. O que são essas dilatações? Entre quais vértebras estão localizadas?
16. Cite os sulcos encontradas na medula espinhal.
17. Explique como a substância cinzenta e a branca estão organizadas na medula espinhal.
18. Onde está localizado o neurônio autônomo na medula espinhal?
19. Como se forma um nervo espinhal?
20. Qual a principal diferença anatômica entre a raiz anterior e raiz posterior?
21. Qual estrutura da medula espinhal está relacionada com a função motora? E com a função sensitiva?
22. Como os nervos espinhais estão distribuídos na coluna vertebral?
23. O que é a cauda eqüína?
24. Cite e explique as 3 camadas que envolvem a medula espinhal.
25. Explique suscintamente a organização da substância branca e cinzenta no tronco encefálico.
26. Quantos pares de nervos cranianos encontramos no tronco encefálico?
27. Quais estruturas anatômicas formam o tronco encefálico?
28. Onde é considerado o ponto de divisão entre a medula espinhal e o bulbo?
29. Qual é a estrutura bulbar localizada entre o sulco lateral anterior e o sulco lateral posterior?
30. Qual estrutura é conhecida como cavidade mesencefálica?
31. Quais nervos emergem do sulco latero-posterior do bulbo?
32. Cite duas estruturas anteriores do bulbo.
33. Explique o que é a decussação das pirâmides.
34. Quais nervos cranianos tem origem aparente no sulco bulbo-pontino?
35. Explique a função anatômica dos três pedúnculos cerebrais.
36. Quais estruturas formam o assoalho do quarto ventrículo?
37. Cite duas estruturas posteriores do bulbo.
38. Por que o bulbo é chamado de centro vital?
39. Qual vaso sangüíneo encontramos na face anterior da ponte?
40. Cite os cinco núcleos da ponte.
41. Explique detalhadamente a anatomia do quarto ventrículo.
42. Cite uma função importante da ponte.
43. Explique as estruturas encontradas em uma secção transvversal do mesencéfalo.
44. Qual estrutura anatômica encontramos na face anterior do mesencéfalo?
45. Com qual a função está relacionado o colículo superior? E o colículo inferior? Qual a relação com os corpos geniculados?
46. O que são pedúnculos cerebrais?
47. Cite os núcleos do mesencéfalo.
48. Cite os 3 pedúnculos cerebelares.
49. Cite os limites anatômicos do cerebelo.
50. Cite três núcleos do cerebelo.
51. Cite a organização anatômica do cerebelo (lobos, lóbulos e fissuras).
52. Cite a divisão do diencéfalo.
53. Qual a cavidade diencefálica?
54. Qual estrutura une os tálamos?
55. Cite os 4 recessos da região do infundíbulo.
56. Cite as eminências anterior e posterior encontradas no tálamo.
57. Quais estruturas pertencem ao metatálamo?
58. Cite os 5 grupos de núcleos talâmicos.
59. Quais as funções do tálamo?
60. Cite 4 estruturas do hipotálamo.
61. Cite 5 funções do hipotálamo.
62. Cite duas estruturas do epitálamo.
63. Qual a principal estrutura anatômica do subtálamo?
64. Qual estrutura separa os hemisférios cerebrais?
65. Cite os 3 pólos dos hemisférios cerebrais.
66. Cite os dois principais sulcos da face lateeral do telencéfalo.
67. Cite o nome e a função dos giros localizados junto ao sulco central.
68. Cite os sulcos e os giros do lobo frontal.
69. Cite os sulcos e os giros do lobo temporal.
70. Descreva o lobo parietal.
71. Descreva o lobo da ínsula.
72. Quais lobos telencefálicos são separados pelo sulco lateral?
73. Quais lobos telencefálicos são separados pelo sulco central?
74. Qual região do telencéfalo é responsável pala expressão cortical da audição?
75. Qual região do telencéfalo é responsável pala expressão cortical da visão?
76. Cite os lobos cerebrais e determine uma função de cada um deles.
77. Qual o nome e em qual lobo cerebral está localizado o córtex motor?
78. Qual o nome e em qual lobo cerebral está localizado o córtex sensitivo?
79. Explique a anatomia do corpo caloso e do fórnix.
80. Qual a função do septo pelúcido?
81. Cite os sulcos e os giros visualizados na face medial do lobo frontal e parietal.
82. Em que vista anatômica observamos, respectivamente, o giro do cíngulo e o giro pós-central?
83. Cite os sulcos e os giros encontrados na face medial do lobo occipital.
84. Cite os giros encontrados na face inferior do encéfalo.
85. Explique a anatomia da região denominada rinencéfalo.
86. Defina as fibras de projeção e cite-as.
87. Defina as fibras de associação intra-hemisféricas. Cite dois exemplos.
88. Defina as fibras de associação inter-hemisféricas.
89. Descreva a anatomia do núcleo caudado.
90. Cite as duas estruturas que formam o núcleo lentiforme.
91. Cite 4 núcleos da base.
92. A cápsula interna está localizada entre quais estruturas?
93. Qual estrutura de substância branca encontramos entre o núcleo lentiforme e o cláustro?
94. Qual estrutura anatômica está localizada entre o globo pálido e o tálamo?
95. Onde encontramos o corpo amigdalóide?
96. Cite os quatro sistemas de proteção do sistema nervoso central.
97. Cite as menínges e os espaços entre elas.
98. Caracterize a dura-máter.
99. Cite as pregas da dura-máter.
100. Cite 3 cisternas subaracnóideas.
101. O que são granulações aracnóides?
102. O que é líquor?
103. Explique a formação e o trajeto do líquor no sistema nervoso central.
104. Onde o líquor é reabsorvido?
105. Quais são os dois sistemas arteriais que originam o polígono de willis?
106. Cite 2 artérias que se originam da artéria carótida interna.
107. Qual a importância do polígono de willis?
108. Explique com suas palavras o polígono de willis.
109. Explique o sistema venoso do encéfalo.
110. Cite as 3 camadas que envolvem os nervos periféricos.
111. Explique o que são nervos cranianos sensitivos e motores. Cite 2 exemplos de cada.
112. Explique o trajeto do nervo óptico do olho ao sulco calcarino.
113. Escolha um par de nervo craniano misto (sensitivo e motor) e explique sua origem, seu trajeto, suas estruturas alvo e suas funções.
114. Cite 3 nervos motores do olho.
115. Cite as 3 ramificações do nervo trigêmeo e que região da face cada uma inerva.
116. Cite 4 músculos inervados pelo nervo facial.
117. Descreva a anatomia do nervo vestibulococlear.
118. Cite 3 nervos cranianos motores puros.
119. Cite os nervos cranianos que passam pelo forame jugular.
120. Qual nervo craniano é responsável pela inervação motora da língua?
121. Cite o nervo craniano responsável pela inervação dos músculos mastigatórios.
122. Quais estruturas são inervadas pelo nervo vago?
123. Cite 2 músculos inervados pelo nervo acessório.
124. Qual nervo craniano é responsável pela sensibilidade da face e de parte do crânio?
125. Quantos nervos espinhais possui um ser humano? Como estão distribuídos na coluna vertebral?
126. Como se forma um nervo espinhal?
127. O que é o gânglio espinhal?
128. Como é chamado o primeiro ramo dorsal cervical?
129. Explique a formação do nervo occipital maior.
130. Cite 3 músculos inervados pelos ramos dorsais dos cinco nervos cervicais inferiores.
131. Diferencie a parte profunda da parte superficial do plexo cervical.
132. Cite 3 músculos que são inervados por nervos oriundos da alça cervical.
133. Quais os níveis medulares do nervo frênico? Qual músculo ele inerva?
134. Qual região é inervada pelo nervo auricular magno?
135. Qual região é inervada pelo nervo occipital menor?
136. Cite os 3 nervos superficiais descendentes do plexo cervical.
137. Explique como se formam os troncos superior, médio e inferior do plexo braquial.
138. Explique como se formam os fascículos lateral, medial e posterior do plexo braquial.
139. Cite 5 nervos supra-claviculares do plexo braquial.
140. Qual nervo inerva o levantador da escápula e o rombóide?
141. Cite o nervo que inerva o músculo serrátil anterior.
142. Cite os nervos que inervam os músculos do manguito rotador.
143. Cite 5 nervos infra-claviculares.
144. Qual músculo é inervado pelo nervo toracodorsal?
145. Um dos ramos do plexo braquial inerva o músculo da loja posterior do braço. Cite o nervo e o nome do músculo.
146. Cite 2 nervos que se originam do fascículo lateral.
147. Cite os ramos terminais do fascículo medial do plexo braquial.
148. Quais músculos são inervados pelo nervo axilar?
149. Qual é o nervo motor da região anterior do antebraço?
150. Qual é o nervo motor da região posterior do antebraço?
151. Qual é o nervo sensitivo da região antero-lateral e lateral do antebraço?
152. Qual é o nervo motor da região anterior do braço?
153. Qual é o nervo motor da região posterior do braço?
154. O nervo mediano se origina de quais ramos do plexo braquial?
155. Em quais níveis medulares se originam, respectivamente, os nervos: mediano, radial, ulnar, musculocutâneo e axilar?
156. Explique a anatomia de um nervo torácico.
157. Quais raízes formam o plexo lombar?
158. Cite 2 nervos que se originam da raiz de L1.
159. Cite três nervos do plexo lombar.
160. Cite quais nervos se originam das raízes de L2, L3 e L4.
161. Quais raízes dão origem ao tronco lombosacral?
162. Cite 2 músculos inervados pelo nervo glúteo superior.
163. Em quais níveis medulares se originam, respectivamente, os nervos: tibial, fibular, femoral, obturatório e glúteo superior?
164. Qual é o nervo motor da região anterior da coxa?
165. Qual é o nervo motor da região posterior da coxa?
166. Quais são os ramos terminais do nervo isquiático?
167. Cite as raízes espinhais do nervo tibial.
168. Qual é o principal nervo motor da região medial da coxa?
169. Qual nervo inerva a região posterior da perna?
170. Qual nervo inerva a região posterior da perna?
171. Qual nervo inerva a região lateral da perna?
172. Qual o nervo sensitivo da planta do pé?
173. A perda de força da região dorso-flexora do pé é decorrente da lesão de qual nervo?
174. Explique o plexo coccígeo.


SISTEMA REPRODUTÓRIO 



Sistema Genital Masculino 

1. Cite as estruturas principais e acessórias que pertencem ao sistema genital masculino.

2. O que é a túnica albugínea?

3. Descreva a anatomia dos túbulos seminíferos.

4. Quais as partes do epidídimo?

5. Explique anatomicamente os ductos deferente e ejaculatório?

6. Cite as estruturas encontradas no funículo espermático.

7. Explique a localização das vesículas seminais, da próstata e das glândulas bulbouretrais.

8. Cite e explique os 3 cilindros encontrados no pênis.

9. Cite as 3 partes do pênis.

10. Cite as estruturas externas do sistema genital masculino.

11. Cite as estruturas contidas no interior do escroto.

Sistema Genital Feminino 

1. Cite os órgão internos do sistema genital feminino.

2. Onde está situado o ovário?

3. Cite e explique os ligamentos que estão ligados ao ovário.

4. Quais são as partes da tuba uterina? Descreva-as.

5. Quais as funções da tuba uterina?

6. Cite o as partes do útero.

7. Quais são as 3 camadas que constituem o útero?

8. Explique a anatomia da vagina.

9. Cite os tipos de hímens.

10. O que são e qual a função das glândulas vestibulares maiores?

11. Cite os órgãos externos dos sistema genital feminino.

12. Cite os três orifícios do períneo feminino?

 
©2011 Juliana Hellen Por Templates Sal da Terra