0

PRODUÇÃO DE TEXTO


Provocação

Você ensina Língua Portuguesa ou Práticas de Linguagem?

Se você estiver alinhado com as atuais concepções de linguagem, deve ensinar os alunos a pôr em prática a linguagem, formando cidadãos leitores e escritores de uma cultura em que a escrita é predominante. Com base nas pesquisas desenvolvidas pelo filósofo russo, Mikhail Bakhtin, essas concepções têm como peças-chave a relação interpessoal, o contexto de produção dos textos, as diferentes situações de comunicação, os gêneros, a intenção de quem o produz e a interpretação de quem o recebe. Portanto, mais do que ensinar os elementos e as normas que compõem a Língua Portuguesa, precisamos ensinar as Práticas de Linguagem que vivenciamos em nossa língua materna. “O desafio é formar praticantes da leitura e da escrita e não apenas sujeitos que possam ‘decifrar’ o sistema de escrita”. 
educadora argentina, Délia Lerner.


O desenvolvimento da linguagem oral, por sua vez, apesar de ainda pouco priorizado na escola, precisa ser trabalhado com exposições sobre um conteúdo, debates e argumentações, explanação sobre um tema lido ou leituras de poesias. "O importante é oferecer oportunidades de fala, mostrando a adequação da língua a cada situação social de comunicação oral".

Abaixo estão algumas etapas de produção de texto que podemos utilizar para ajudar no desenvolvimento e criatividade dos alunos na hora de elaborar um texto:

Produção de texto lido e ouvido


   












                                            


Produção de texto com desfecho único











Produção de texto com desfecho alternativo

   










Produção de texto com final aberto























Produção de texto com desenvolvimento aberto







Produção de Texto com início aberto






livro 2 Ache o fio e conte o fato 
autora:Zélia Almeida 
editora:dimensão

Produção de texto com final criativo







0

DIA DA SAUDAÇÃO - 21 DE NOVEMBRO

Os gestos que simbolizam os cumprimentos variam de cultura para cultura. No Ocidente e na maioria do mundo, entre homem-homem costuma-se utilizar o aperto de mão. Entre homem-mulher, mulher-mulher que não tem certa intimidade, também. É comum se utilizar um, dois ou até três beijos no rosto entre homem-mulher, mulher-mulher que já são colegas ou amigos há algum tempo.


Em alguns países da Ásia, se cumprimenta unindo as próprias mãos. No Japão as saudações se dão normalmente curvando a coluna e os apertos de mão são comumente feitos em conjunto com a forma tradicional de saudação.
Entre árabes, o cumprimento normal entre dois homens amigos é a troca de beijos nas faces. Na Itália, o beijo no rosto entre homens familiares também é comum.

Dia da Saudação - 21 de novembro

O dia Mundial da Saudação é um dia nobre e de grande motivação. Foi celebrado pela primeira vez em 1973. Os antecedentes a este dia começaram em 1967 com a guerra dos seis dias (ocupação da Península do Sinai, da Faixa de Gaza e dos Montes Golan por parte de Israel). Em Outubro de 1973, uma coligação entre Síria e o Egipto lançou um duplo ataque às linhas israelitas, atacando no Sinai e nos Montes Golan, dando origem àQuarta Guerra Israelo-Árabe.

Foi justamente enquanto se travava esta guerra (mais uma) no Médio Oriente, que dois professores norte-americanos, Brian McCormack (Universidade do Arizona) e Michael McCormack (Universidade de Harvard), decidiram instituir o World Hello Day.

Neste dia, há o incentivo de se cumprimentar pelo menos 10 pessoas e através deste gesto, demonstrar a importância do contato entre os seres humanos, como forma de se preservar a paz no Mundo, sem a utilização da força.

Este dia é celebrado em todo o Mundo, por pessoas de 180 países diferentes. É um dia essencialmente para celebrar a paz mundial.


 http://www.portalescolar.net/2011/09/dia-da-saudacao-21-de-novembro-origem.html#ixzz1YbX1HnZd

4

Plantas







As plantas, também chamadas de vegetais, são seres vivos, já que nascem, crescem e morrem. Além disso, possuem capacidade de reprodução, ou seja: de dar origem a novas plantas.

Vegetais podem ser encontrados no solo (terrestres), na água (aquáticos), ou presos nos galhos de outras plantas ou em cercas (aéreos). Quanto ao tipo de clima, podem ser encontrados desde em desertos até em regiões do planeta ricas em gelo.


Esses seres vivos apresentam muitas variações. Podemos encontrar plantas pequenas e outras gigantescas, como algumas árvores da Amazônia. Além disso, há espécies que vivem muito pouco tempo; e outras, centenas de anos.

Algumas plantas nascem naturalmente, pois suas sementes são levadas para outros lugares pelo vento, pela água das chuvas, ou mesmo junto com alguns animais. Outras plantas nascem porque o ser humano planta, seja em jardins, hortas ou em grandes áreas. Nesses casos, falamos que elas são cultivadas.

Algumas partes das plantas são:


Folhas: responsáveis pela transpiração, respiração e alimentação das plantas.

Flores: responsáveis pela formação do fruto e da semente.

Frutos: 
responsáveis pela proteção da semente.


Sementes:
 responsáveis pelo nascimento de novas plantas.

Caule: responsável pela sustentação da planta e por levar água e sais minerais da raiz para as outras partes dela.

Raiz: responsável pela retirada de água e sais minerais do solo para a planta, e pela sustentação dela.

* Mas vale lembrar que nem todas as plantas possuem todas essas estruturas.

Plantas inteiras, ou somente partes delas, são usadas na alimentação. Veja alguns exemplos:


- Folhas: alface, agrião e espinafre.
- Flores: couve-flor, alcachofra e brócolis.
- Frutos: goiaba, azeitona e abacate.
- Sementes: arroz, milho e feijão.
- Caule: batata-inglesa, cebola e cana-de-açúcar.
- Raiz: mandioca, beterraba e cenoura.

Partes de plantas também são usadas por nós para outras coisas, como construção de objetos com a madeira (retirada do tronco das árvores) e a fabricação de papel e de remédios. Além disso, plantas inteiras ou suas flores são usadas para embelezar jardins, canteiros e praças.


As plantas são capazes de produzir seu próprio alimento, por meio de um processo chamado fotossíntese. Para a fotossíntese ocorrer, é necessária a luz do sol, água e gás carbônico (CO2). Ao final, a planta libera oxigênio (O2), muito importante para a respiração de muitos seres vivos, como os seres humanos e outros animais.
Por Mariana Araguaia
Bióloga, especialista em Educação Ambiental
Equipe Escola Kids

FOTOSSÍNTESE


Fotossíntese
 O termo fotossíntese significasíntese que usa luz.

A água é uma das matérias-primas da fotossíntese. A água entra pelas raízes e atinge todas as partes da planta, chegando às folhas, que são o principal local onde se realiza a fotossíntese. No ar que respiramos existe um gás muito importante, o dióxido de carbono. Esse gás entra nas plantas pelas folhas. A luz do Sol fornece a energia para a formação da matéria orgânica (açúcar).
Apesar de ser tão importante, a fotossíntese necessita de muito pouco para acontecer: água, dióxido de carbono e luz. No processo da fotossíntese a planta liberta algumas substâncias de que não necessita, como é o caso do oxigênio. Este gás é fundamental para a respiração dos seres vivos.
O açúcar produzido pela planta é utilizado para produção de energia. Se a planta produzir açúcar em grande quantidade, ela armazenará esse açúcar para uso futuro.Todos os seres vivos precisam de energia para sobreviver. A energia é retirada dos alimentos.
Os animais obtêm o seu alimento comendo plantas e outros animais.As plantas não comem, mas produzem o seu próprio alimento (açúcar) através do processo da fotossíntese.
No processo da fotossíntese, a planta absorve a luz do Sol, que fornece a energia necessária para a transformação da água e do dióxido de carbono em açúcar. Durante a realização da fotossíntese a planta elimina oxigênio para a atmosfera.
A fotossíntese inicia a maior parte das cadeias alimentares na Terra. Sem ela, os animais e muitos outros seres seriam incapazes de sobreviver porque a base da sua alimentação estará sempre nas substâncias orgânicas proporcionadas pelas plantas verdes.
Os organismos clorofilados (plantas, algas e certas bactérias) captam a energia solar e a utilizam para a produção de elementos essenciais, portanto o sol é a fonte primária de energia.
Os animais não fazem fotossíntese, mas obtém energia se alimentando de organismos produtores (fotossintetizantes) ou de consumidores primários.
Na respiração ela consome oxigênio e libera gás carbônico do ambiente, A vida na terra depende no final das contas da energia derivada do sol. A fotossíntese é o único processo de importância biológica que pode colher esta energia.
Como as plantas se alimentam?
As plantas fabricam seu próprio alimento. Absorvem a luz solar e um gás, o gás carbônico. A luz solar e o gás carbônico unem-se à água e a um elemento químico das plantas, a clorofila. Tudo isso constitui o alimento da planta, um açúcar chamado glicose. Ao mesmo tempo, a planta libera oxigênio pelas folhas. Esse processo é chamado de fotossíntese.

Você sabia que as plantas e os animais precisam de energia para viver? Sua energia provém dos alimentos, e esses alimentos dependem da energia do Sol.
Você sabia que cerca de ¾ do planeta são ocupados pelo mar? Plantas pequenas chamadas plânctons vivem nele e produzem ¾ do oxigênio terrestre. A maior mede aproximadamente 1 metro; a menor, 50 vezes menos.
Como a energia das plantas passa para os animais?
Quando os animais comem plantas, a glicose delas se une ao oxigênio presente no corpo deles. Obtêm-se assim, energia. Enquanto isso acontece, forma-se também gás carbônico e água. A transformação do alimento em energia chama-se respiração.
Como e por que você respira?
Você inspira porque o seu corpo precisa do oxigênio do ar. É assim que você obtém energia. Você expira para eliminar o gás carbônico e a água resultante da respiração. Expire sobre um espelho. A umidade que se vê é a água produzida durante a respiração.

                                                           ATIVIDADES


























 
©2011 Juliana Hellen Por Templates Sal da Terra