0

CONQUISTANDO O IMPOSSÍVEL

video



      Um vídeo onde poderá ser trabalhado a INCLUSÃO ESCOLAR, ou mesmo a SUPERAÇÃO DAS DIFICULDADES que alunos ou profissionais no decorrer do caminho, podem superar obstáculos.

0

CONVIVÊNCIA

video
  Com esse vídeo podemos trabalhar a importância de sabermos conviver com pessoas de diferentes culturas e maneiras de viver. " As aparências enganam".

0

Aprender a Aprender

video


   Esse vídeo é interessante para  professores que queiram trabalhar a importância da aprendizagem com alunos ou mesmo, Orientadores que precisam mostrar para profissionais com mais tempo de serviço a capacidade que temos de aprender "o novo".

0

Professor de Ensino Fundamental

Professor que ministra aulas em todas as séries do ensino fundamental, ensinando os alunos com técnicas de alfabetização, expressão artística e corporal; exerce atividades de planejamento do ano letivo, discutindo a proposta da escola, participando da definição da proposta pedagógica, fixando metas, definindo objetivos e cronogramas e selecionando conteúdos; prepara aulas, pesquisa e seleciona materiais e informações; diagnostica a realidade dos alunos e avalia seu conhecimento, acompanhando o processo de desenvolvimento dos alunos e aplicando instrumentos de avaliação; pode interagir com a comunidade escolar, buscando conscientizá-la sobre temas fundamentais para a cidadania e a qualidade de vida.

0

Alfabetizando com histórias em quadrinho


As crianças desenham seus personagens preferidos, e pesquisam os diferentes tipos de balão: trabalhando para entender as variações da língua.
Quando estimulamos a criação de histórias em quadrinhos, os alunos aprendem a transmitir suas idéias utilizando o desenho e a palavra.
Além disso, a experiência se enquadra tanto nos Referenciais Curriculares Nacionais para a Educação Infantil quanto nos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN). Ambos falam da importância do trabalho com diferentes gêneros literários.
Por esse motivo é importante realizarmos atividades desse gênero para estimularmos os alunos a lerem, interpretarem, criarem e terem o prazer pela leitura.

0

A música e a alfabetização

Frequentemente, a música está sendo utilizada nas escolas para alfabetizar, pelo motivo de ser capaz de atrair e envolver os alunos. A música também serve de motivação, eleva a auto-estima, estimula diversas áreas do cérebro, aumenta à criatividade, a sensibilidade, a capacidade de concentração e fixação de dados.
Além de ser um instrumento de alfabetização e de cidadania, a música resgata a cultura e ajuda na construção do conhecimento.
A música também auxilia no desenvolvimento e aperfeiçoamento da socialização, alfabetização, inteligência, criatividade, expressividade, coordenação motora grossa e fina, percepção sonora, percepção espacial, raciocínio lógico e matemático e estética.

1

A interpretação de um texto associado a uma imagem.


Depois que as letras se tornam objetos substitutivos, as crianças costumam pensar que qualquer palavra que estiver escrita próximo de uma figura deverá ser o nome da mesma. Emília Ferreiro caracterizou essa atitude de “hipótese do nome”.
Além das propriedades quantitativas, as crianças , ainda antes de serem capazes de ler convencionalmente, podem considerar também as propriedades qualitativas do texto. Tanto para ajudar a antecipar o significado que está escrito quanto para verificar a adequação de suas antecipações.

Ao desvendar o universo visual de seu cotidiano, o aluno vai conhecer melhor a si mesmo, compreender sua cultura e ampliá-la, ao compará-la com a de outros tempos e lugares.
Contar quantas imagens vemos diariamente, são construções em diversos estilos, carros de vários modelos, pessoas vestidas cada uma a seu gosto, poluição visual das cidades com propagandas e pichações, a televisão, a internet, as fotos de jornais e revistas, muitas vezes isso passa a despercebido e não parece ter sentido ou importância, mas esses elementos estão carregados de informações sobre nossa cultura e o mundo em que vivemos.

A arte-educador e pesquisador norte-americano Elliot Eisner escreveu que o ensino se torna mais abrangente quando utiliza representações visuais, pois eles permitem a aprendizagem de tudo o que os textos escritos não conseguem revelar. Na escola, isso significa que o ensino de arte ganha uma perspectiva mais profunda. Conhecer artistas e estilos, o aluno passa a ser leitor, intérprete e crítico de todas as imagens presentes em seu cotidiano.

 
©2011 Juliana Hellen Por Templates Sal da Terra