0

O Brincar




 O Brincar na Educação Infantil  - A Importância de uma área externa planejada


 Uma área externa planejada se torna referência  de uma educação de qualidade, dispor os brinquedos em locais adequados respeitando a faixa etária que irá utilizar são cuidados simples, mas que possibilitam evitar acidentes tão comuns na primeira infância.
  O educador deve acompanhar as crianças na área externa observando-as para que suas brincadeiras possam ser subsídios  para os projetos pedagógicos.
  Na área externa é possível a criança ter contato com areia, água, pedras, folhas que se tornam materiais interessantes  para construções de brinquedos e brincadeiras.


        Jogos Esportivos


  Os jogos esportivos são de cunho competitivo e devem fazer parte do contexto escolar no entanto, para a faixa etária da educação infantil devem ter como premissa a socialização. Alguns jogos esportivos conhecidos do universo adulto podem ser adaptados ao universo infantil , utilizando de regras simples que possibilitem a participação de todas as crianças, sem que seja necessário descaracterizá-los, como, por exemplo, o futebol que pode ser adaptado às crianças pequenas dividindo uma turma inteira de crianças em duas equipes , como se fosse um "grande futebol" utilizando-se de uma bolas e duas traves de gol.


      Cultura Lúdica


   Autores como Brougère, Kishimoto defendem a ideia da existência de uma cultura lúdica definida como um conjunto de procedimentos que permitem  tornar o jogo possível, ou seja, ela é composta de um certo número de esquemas que permitem iniciar uma brincadeira.
  Para esses autores, o brincar não é uma dinâmica interna do indivíduo, mas uma atividade que representa uma significação social precisa que,  como outras, necessitam de aprendizagem. Assim a criança adquire e constrói   sua cultura lúdica brincando, de maneira  em que ela não está isolada da cultura geral.
  A cultura lúdica da criança vai sendo construída a partir de componentes fundamentais da cultura ao qual ela está inserida.Ao dar um outro sentido através do brincar a cultura lúdica vai acrescentando outros elementos construindo algo novo mas, com referencial de outras gerações.


   Brincadeiras Tradicionais e/ou Folclóricas 


   As brincadeiras folclóricas sempre fizeram parte do universo humano é uma forma de expressão da cultura e de uma nação. Elas são transmitidas em sua grande maioria de maneira oral, de uma geração à outra tendo como elemento fundamental a participação do adulto. Essa cultura não oficial transmitida oralmente, não fica cristalizada, pois está sempre em transformação  incorporando inovações  de uma geração para outra. Por ser de cunho folclórico, a brincadeira tradicional assume as características de anonimato.
  Algumas das principais brincadeiras folclóricas  por serem atividades prazerosas transformam-se em festas e ultrapassam o tempo e permanecem vivas na memória de um povo. Considerada como parte da cultura popular, a brincadeira tradicional ou folclórica representa a produção de um povo em certo período histórico. e enquanto, manifestação espontânea da cultura popular, tem a função de perpetuar a cultura e desenvolver formas de convivência social.

0 comentários:

 
©2011 Juliana Hellen Por Templates Sal da Terra