1

Por que Trabalhar com Projetos Didáticos?

                                  

Os especialistas garantem: trabalhar com projetos didáticos é
 fascinante e surpreendente. Fascinante pela capacidade de
 envolver até os alunos mais displicentes. Surpreendente por 
trazer embutido o germe do inesperado. A seguir, você
 vai ler nove perguntas recorrentes sobre o tema, respondidas 
por três grandes craques no assunto. São questões que 
afligem quem nunca se aventurou por esse mundo – e 
também quem já não é mais iniciante.

O que significa trabalhar com projetos didáticos?

É partir de questões ou situações reais e concretas, contextualizadas,
 que interessem de fato aos alunos. Compreender a situação-
problema é o objetivo do projeto. As ações e os conhecimentos
necessários para a compreensão são discutidos e planejados entre
o professor e os alunos. Todos têm tarefas e responsabilidades. É
 como se fosse uma viagem: estamos em São Paulo (o que sabemos)
e queremos chegar a Salvador (o caminho simboliza o que vamos
 aprender). Temos de decidir o que fazer, o que levar, dividir
tarefas. Durante a viagem, teremos também de tomar novas
 decisões. A aprendizagem se dá durante todo o processo e não
envolve apenas conteúdos. Aprendemos a conviver, a negociar, a
nos posicionar, a buscar e selecionar informações e a registrar tudo isso.

Significa dar aos alunos a oportunidade de aprender a fazer
planejamentos com o propósito de transformar uma idéia
em realidade. Significa, ainda, ensinar formas de elaborar cronogramas
com objetivos parciais, nos quais o trabalho em direção aos objetivos finais
 é avaliado permanentemente – de modo a corrigir erros de processo ou
mesmo de planejamento. Alunos que planejam e implementam projetos
aprendem a analisar dados, considerar situações e tomar decisões.

Compartilhar com os alunos uma aprendizagem com sentido. A
 escola costuma trabalhar conteúdos que não fazem sentido imediato
 para os alunos. Os projetos didáticos são uma evolução porque, além
de tratar os conteúdos programados, eles contextualizam essas
aprendizagens na busca de um produto final.

Pedagogia de Projetos

A Pedagogia de Projetos surge da necessidade de desenvolver uma
metodologia de trabalho pedagógico que valorize a participação do
 educando e do educador no processo ensino - aprendizagem,
tornando-os responsáveis pela elaboração e desenvolvimento de
cada projeto de trabalho.

"Os Projetos de Trabalho contribuem para uma resignificação
dos espaços de aprendizagem de tal forma que eles se voltem
 para a formação de sujeitos ativos, reflexivos, atuantes
 e participantes." (HERNANDEZ, 1998).

Como ensina FREIRE, 1997, acrescentamos a essa metodologia uma
 reflexão sobre a realidade social, orientando os projetos de trabalho
 para uma reflexão sobre as condições de vida da comunidade que o
grupo faz parte, analisando-as em relação a um contexto sócio -
político maior e elaborando propostas de intervenção que visem
 transformação social.

Os projetos pedagógicos dinâmicos permitem uma aprendizagem
 por meio da participação ativa dos educandos, vivenciando as situações
- problema, refletindo sobre elas e tomando atitudes diante dos fatos.
 Ao educador compete resgatar as experiências do educando,
auxiliá-lo na identificação de problemas, nas reflexões sobre eles e na
concretização dessas reflexões em ações.

Os temas gerais dos projetos, seus conteúdos específicos e a maneira como
 eles são desenvolvidos não devem ser propostos apenas pelo educador ou
por pessoas que não estejam diretamente envolvidas no trabalho. Trata-se
de uma ação coletiva envolvendo educador, educando, instituição e comunidade.

A escolha dos temas e dos conteúdos específicos a serem trabalhados
 é de responsabilidade de todos e deve ser pensada de forma a contemplar
a realidade do educando, a sua cultura e remeter a uma reflexão sobre
Cidadania, gerando ações de intervenção social passíveis de serem viabilizadas.


Fonte: Blog Criatividades em Sala de Aula http://dessafofs.blogspot.com/

 
©2011 Juliana Hellen Por Templates Sal da Terra