4

Receita para se tornar um "Contador de História"

1º passo: sentimenos
Ingrendientes
  • Emoção
  • Paixão
  • Entusiasmo
Utensílios
  • Coração cheio de amor e paixão
  • Bons ouvidos.
  • Bons olho
  • Muitas histórias
Modo de preparar
  • Leia bastante 
  • Leia tudo
  • Fique atento a tudo que acontece a sua volta. 
  • Preste atenção em cada movimento. 
  • Aguce os ouvidos.  
  • Depois desse  exercício, você já pode escolher a história que quer contar. 
  • Observe:
  1. Ela mexeu com sua emoção?  (   ) sim   (   ) não
  2. Você sentiu sua língua coçar de vontade de contar essa história para a primeira pessoa que encontrar?   (   ) sim  (    ) não
  3. Você ficou enpressioando com a verdade contida no conto? (   ) sim (    ) não 
    Se todas as suas respostas foram afirmativas, você esta realmente apaixonado pela história. Vale apena dividi-la com quem quiser ouvir-la.

2º Passo: Voz
Ingrendientes
  • A voz
Utensilío
  • Uma boca com uma língua bem desenrolada
Modo de preparar
  • A voz é um ingrediente muito importante para o contador de histórias, pois ela materializa não só as sucessivas fases do conto( momento de alegria, tristeza,euforia,suspense, tranguilidade, etc), como também os personagens, uma vez que cada um possui uma voz típica e fácil de ser identificada. 
        Por exemplo:
  • O rei possui uma voz imperativa e mandona;
  • o gigante possui uma voz grossa, forte e alta.
É bom saber também que a voz vem sempre acompanhada de elementos:    
  •  Sonoridade e timbre
      A sonolidade trata do bom som, da pronúncia das palavras. E  o timbre é a qualidade que distinque um som, independentemente de sua altura ou intensidade.É a personalidade da fala.Os diferentes timbres são frequentemente descritos como claro, nasal, áspero,rouco, seco,aspirado.
  • Intensidade
      É o grau de força com que  o som produz altura, volume. A voz deve ser agradável, audível ( nem muito alta nem muito baixa).
  • Velocidade
       Varia de acordo com as necessidades da expressão. Pode ser rápida, mediana, rapidíssima ou lenta, lentíssima.
  • Dicção
      É a pronúncia correta de todos os sons de uma palavra. Uma pronúncia defeituosa atrapalha a narrativa.
      Evite usar também vícios de linguagem:
     -Né?      
     - Entedeu?
     -Aí...então...
     -Tá vendo?
     -Bem, então... então...

3º Passo: Olhar
Ingredientes:
  • o olhar
Utensílios
  • Um par de olhos brilhantes.
Modo de preparar:
      O olhar é o elo principal de um contador de histórias. É ele que traz as pessoas para dentro do conto.
      O olhar de um contador de histórias deve cruzar ao menos uma vez com o olhar de cada um dos ouvintes. Distribua bem o olhar. Não se fixe só numa pessoa ou grupo

4º Passo: Expressão.
Ingredientes
  • expressão corporal
Utensílios
  • corpo e mãos 
Modo de preparar
     O corpo e as mãos ajudam a expressar as ideias. São ingredientes preciosos. Mas devem ser usados com moderação.
    Os gestos devem ser simples, expressivos e variados, jamais exagerados.Todo o enredo pode ser baseado em gestos, pois cada personagem (rei, rainha, caçador) tem um andar , manias,atitudes e jeito de ser que denunciam seu estado social e emocional.
    As mãos são capazes de dar colorido, forma à história.
    Quanto à expressão corporal é preciso ter bastante cuidado. O exagero no uso desse ingrediente, como a teatralização, pode sacrificar o efeito da narrativa.

5º Passo: Improvisação

 Ingredientes
  • mémoria e improvisação 
Utensílios
  • uma cabeça cheia de ideias 
  • uma mémoria de elefante
Modo de preparar
   É   fundamental para o contador de história ter uma boa memória, conhecer e guardar as seguencias do conto.
    Esse  ingrediente não é importante só para guardar a história, mas durante toda a narração. Há alguns momentos em que é preciso buscar na vivência acontecimentos que guardem sentimentos ( tristeza, alegria, antipatia, etc.) necessários para aquele determinado momento da hstória, em que é preciso que ele se faça presente. Tendo uma boa memória, você podera ir buscar no seu arquivo mental tudo de que precisa para lidar com o branco da  memória.
    O contador de histórias não deve se irritar, nem chamar a atenção do ouvinte, ou seja, ele não deve parar de contar a história. Nesse instante, entra a sua caapacidade de improvisação.Você deve recorrer à técnica de narrar com interferência, colocando os ouvintes para paarticipar da história.

6º Passo: Credibilidade
Ingrediente
  • credibilidade
Utensílios
  •  uma caabeça cheia de ideias
  • olhar bem firme
Modo de preparar
   O contador precisa desse ingrediente para faazer com que o público acredite que esta contando é verdadeiro. Para isso, a memória e a improvisação as ajudarão, no caso de ele "errar", que a plateia não perceba o erro. Mantendo o olhar firme , o contador converce o ouvinte, e ninguém dúvidara da verdade contida na história.

7º Passo: Clima e Ritmo 
Ingredientes
  • clima e ritmo 
Utensílios 
  • som de música orquestrada
  • bons ouvidos
Modo de preparar  
      Toda a história tem uma sequencia rítmica que varia de acordo com oque esta sendo narrado.
      Cada parte da história tem um ritmo
      O ritmo que se  usar para começar o conto não pode ser o mesmo de quando a história vai se aproximando do seu ponto culminante.
       Escute uma músicaa clássica orquestrada. Escute o seu ritmo. Sinta as emoções em cada movimento e passe esse ritmo para a sua narrativa.

8º Passo: Transformação
Utensílios
  • todos os ingredientes ( voz, olhar, expressão corporal, etc) e a colher de pau.
Modo de preparar
      Agora chegou o grande momento!
      Misture todos os ingredientes com a colher de pau.
      Escolhaar uma roupa, um adereço, um recurso e dê o  toque final.
      Pegue um instrumento musical ou outro objeto que você quiser, sopre-o e diga estas palavras máagicas:
    " Delém,delém
      Que Deus me ilumine
      E a minha imaginação
      Vá além do além"

     Você já esta pronto(a) !
     Pegue o seu tapete mágico e voe; há um montão de crianças esperando, anciosas, pelas histórias do seu baú!  

 Fonte: Essa receita e muito mais encontramos no blog da amiga  Roberta Maria 
http://recantodoconto.blogspot.com/2011/03/receita-milenar-para-se-tornar-um.html?showComment=1321572779407#c6485331458 

4 comentários:

TEREZINHA GUIMARÃES disse...

AMEI A RECEITA, ACHO QUE NÃO É FÁCIL SER UMA CONTADORA DE HISTÓRIAS, MAS TENDO UM INGREDIENTE PRINCIPAL: O AMOR CREIO QUE DÁ PARA COMEÇAR A AGRADAR...
ABRAÇOS

www.poetizarpoetizar.blogspot.com

Eliana Pipoca disse...

Olá VIVIANE,bom dia querida. Amei a receita!!! Escuta, vc me ofereceu um selinho, eu quero sim ;) Tb adorei o seu blog. Muito bommmm. Parabéns, bom final de semana

Márcia Adoradora do Pai disse...

Oie..
Obrigada pela visitinha e pelo elogio o seu tbm é lindo e te convido a fazer parceria, seguindo os 03 blog's meu já entra na galeria de amigas especiais mas, não esqueça de deixar seu link neste comentário. E já estou te seguindo!!!
http:mareboucas.blogspot.com / http://meusonhosmarcia.blogspot.com / http://gvozesparacristo.blogspot.com
Bjnhs e sucesso!!!

Anônimo disse...

http://prixviagragenerique50mg.net/ commander viagra
http://prezzoviagraitalia.net/ viagra
http://precioviagraespana.net/ viagra sin receta

 
©2011 Juliana Hellen Por Templates Sal da Terra