1

COORDENAÇÃO MOTORA AMPLA


  Todo ser humano pode ser beneficiar de brincadeiras, tanto pelo aspecto lúdico, quanto pelo aspecto da aprendizagem.
  Brincando desenvolvemos várias capacidades, exploramos e refletimos sobre a realidade, a cultura na qual vivemos, incorporamos e, ao mesmo tempo, questionamos regras e papeis sociais. 
  A incorporação de brincadeiras na prática pedagógica  desenvolve diferentes atividades que contribuem para inúmeras aprendizagens.
   Hoje, apresento algumas atividades que contribuem para o desenvolvimento da coordenação motora ampla, indicado para crianças até 6 anos:
1. andar livremente, batendo palmas;
2. andar para frente;
3. andar de costas;
4. andar com as mão na cabeça ou na cintura;
5. andar na ponta dos pés;
6. andar encostando um pé à frente do outro;
Estes requerem a discriminação visual:
7. andar sobre diferentes tipos de linhas traçadas no chão (retas e curvas) ou sobre o contorno de figuras geométricas;
8. andar, com as pernas abertas, sobre uma corda esticada no chão;
Agora, também, a discriminação auditiva:
9. andar procurando seguir determinado ritmo, que poderá variar do mais lento ao mais rápido (utilizar palmas, batidas do pé, músicas etc para marcar o ritmo);
10. andar aos pares ou trios, de mãos dadas, seguindo em estímulo auditivo (música,por exemplo); cessando o estímulo, as duplas ou trios param. Repetir várias vezes.
 FONTE: RIZZI, L e HAYDT, RC. Atividades Lúdicas na Educação da criança. SP: Ática, 2007


A CABEÇA PEGA O RABO


Formação inicial: formar colunas de mais ou menos oito elementos, cada um segurando na cintura do companheiro de frente.

Desenvolvimento: o primeiro jogador tenta pegar o último da coluna, que procura se desviar para não ser pego. Uma vez conseguindo, o primeiro jogador de cada coluna troca de lugar com o último.

Fonte: RIZZI, Leonor; HAYDT, Regina Célia. Atividades lúdicas na educação da criança. 7ed. São Paulo, Ática, 2004.

DANÇA DO JORNAL


MATERIAL: folha de jornal, aparelho de som e CD.
OBJETIVO:estimular a sociabilização, a expressão corporal e a percepção espacial.
FORMAÇÃO:alunos formados em pares.
DESENVOLVIMENTO: ao sinal do professor, os alunos deverão dançar ao som de uma música sobre a folha de um jornal sem rasgá-la ou sair fora dela. Os pares que saírem ou rasgarem a folha de jornal sairão da brincadeira.
 Ganha o par que não rasgar a folha nem sair de cima dela.





 
©2011 Juliana Hellen Por Templates Sal da Terra