1

DIA DAS CRIANÇAS CUIDADOS COM ACIDENTES.


Através da brincadeira a criança amplia suas relações sociais, aumenta o seu potencial criativo e imaginativo, pois quando brinca, exercita várias capacidades cerebrais como a fala, a coordenação motora, concentração, etc.
Remete para o brincar situações vividas na realidade, sejam elas saudáveis ou problemáticas e, aos poucos, vai aprendendo a superá-las e administrá-las em sua vida cotidiana.
Porém, durante o brincar, a criança também se fecha num momento de concentração onde não percebe as coisas ao seu redor, podendo acontecer acidentes. Dependendo da idade, é importante que os pais fiquem atentos, pois a noção de perigo aparece na medida em que a criança vai vivenciando determinadas situações ou quando já passou por quedas, pancadas, arranhões, etc.
É bom lembrar que os pais são os maiores responsáveis por seus filhos e que para uma criança exercer seu direito de ir e vir, ter sua liberdade, depende dos mesmos.
Damos aqui algumas sugestões que podem ajudar, mas é bom lembrar que é normal que a criança se machuque, rale os joelhos, as palmas das mãos ou dê pequenas pancadas. Porém, os pais devem ficar atentos para que não aconteçam acidentes mais graves, que podem estragar os passeios e a alegria do dia das crianças.
- nos parques observe se a criança não está muito próxima de brinquedos como balanços ou gangorras, que podem acertá-la e causar ferimentos mais graves.
- não é adequado subir em trepa-trepa de chinelo, pois os pés podem escorregar e a criança cair de uma altura perigosa.
- caso a criança deixe entrar areia nos olhos, esses deverão ser lavados com água filtrada, em abundância, até aliviar o incômodo. Não deixe que a criança esfregue os olhos, pois tal ação pode machucar suas córneas.

Balanço adequado para cada idade
- não deixe que a criança salte do balanço em movimento, pois pode cair de mau jeito e causar fraturas.
- verifique se os brinquedos do parquinho são seguros e estão em perfeito estado de conservação.
- não solte pipas onde há fios de rede elétrica e não faça uso de cerol.
- ao realizar atividades de culinária com crianças, evite que as mesmas mexam com utensílios que possam causar ferimentos, como as facas, ou que cheguem próximo ao fogão e forno devido às altas temperaturas.
- tenha sempre cuidado com objetos de ponta, principalmente na área dos olhos. Normalmente, os zoológicos são bem arborizados, algum galho pode bater na criança e machucá-la.
- em piscinas, observe a criança o tempo todo, pois ela pode se virar de costas, sem querer, e não conseguir ficar em pé novamente. Além disso, pode ter uma cãibra e não conseguir nadar, o que pode causar afogamento.

Diversão aos olhos dos pais
- caso façam passeios em hotéis fazenda, tenha cuidado para que as crianças não circulem atrás de animais como cavalos ou pôneis, pois estes poderão dar-lhes coices. Tenha cuidado com ovelhas, pois são aparentemente tranqüilas, mas quando chegamos perto podem dar cabeçadas que machucam. Não deixe que as crianças entrem em áreas como pastos e currais.
- em passeios por praias, fique atento para que os pequenos não se percam, mas tenha muito mais cuidado ao permitir que entrem na água, para que não sejam arrastados pelas ondas, o que pode causar esfolamento ou afogamento.
- ao fazerem um piquenique observe a limpeza do local e não corra o risco de encontrar pequenos bichinhos como aranhas, lacraias e formigas.
- ao andar de bicicleta, verifique o percurso a ser feito, se está em condições de uso, para que a criança não caia em buracos.

 
©2011 Juliana Hellen Por Templates Sal da Terra