0

Os acorrentados - Filme

                    “Os Acorrentados”

                            

Produção que trata de um assunto polêmico: Ben, um professor batalhador de 30 anos de idade, está desesperadamente tentando colocar sua vida em ordem a fim de reconquistar sua ex-mulher. Após um período de muita luta e frustração, um velho amigo lhe consegue um emprego de professor na penitenciária Riker Island. Enquanto isso, Gabriel, um traficante de drogas de 17 anos, é preso e levado para a mesma prisão. Ben está tendo problemas de participação no seu programa de educação e recebe um ultimato de que ele precisa conseguir mais alunos ou o programa será ser cancelado. As vidas de Gabriel e Ben se cruzam quando o professor decide se aproximar mais dos alunos através da criação de poesias na forma de rap. Embora Gabriel esteja sempre metido em confusão com outros presos da cadeia, ele supera as expectativas na poesia e Ben o inscreve em um concurso de poesia fora da cadeia. Quando tudo parece estar melhorando, Ben volta a ter problemas após acidentalmente atropelar uma policial feminina e, por causa disso, é avisado que será dispensado o mais rápido possível. Uma rebelião explode em Riker e Ben é esfaqueado ao tentar acabar com a violência. Após sua morte, ele se torna um mártir e um julgamento é realizado para determinar se a escola criada por ele deve permanecer aberta.
Esse filme relata um pouco de nossa realidade, onde  pré adolescentes e adolescentes, entram para o mundo do crime sem se importar com o dia de amanhã.
Analisei nesse filme como seria um trabalho de um Orientador Educacional, em uma escola localizada dentro de uma penitenciaria.
Estudando  Orientação Educacional: Mediação Escolar, Trabalho e Lazer, aprendi que um O.E. precisa antes de qualquer atitude que tomar:
Ø  ouvir o alunado,
Ø   identificar seus valores e expectativas em relação a vida,
 Em seguida deve :
Ø  Manter contato contínuo de natureza informal com os alunos,
Ø  Auxiliar o professor a procurar formas de estabelecer vínculos de confiança e afetividade com seus alunos,
Ø  Motivar condutas de diálogo e reflexão sobre trabalho educativo e as relações interpessoais.
   A Orientação Educacional deve ser uma ação comprometida com o alunado, a ponto de fazer com que esse aluno conheça seu próprio desenvolvimento, suas atitudes, seus interesses, suas aptidões, seu amadurecimento físico, sexual, mental, social, seus desejos e expectativas pessoais e sociais, rumo às escolhas que favoreçam a qualidade de vida. 

0 comentários:

 
©2011 Juliana Hellen Por Templates Sal da Terra